RESTAURANTES VACINADOS

Screenshot_5

Restaurantes vacinados
Depois da pandemia passar e o fluxo das energias voltar, uma loja de alimentação pode ter uma outra vida, desta vez vacinada contra os sustos de novas crises e epidemias. Inicialmente se entende que as vacinas só fazem efeito em corpos ativos e assim é preciso manter o exercício e a forma. O pior erro é parar no tempo, esperando os dias ruins passarem, porque é desse jeito que um corpo enfraquece.

Um tratamento para cada paciente.
A vacina para o novo restaurante será em várias doses e a melhor forma de prever suas aplicações é com planejamento. Com um plano de ação se aborda uma longa lista de temas renovados dentro do programa operacional, da estrutura possível, da montagem da equipe, dos cardápios e controles. Para isso se conta com um consultor, seu melhor parceiro nos momentos de mudança, e sua longa lista de tópicos.

A imunização sem medo.
Muitas empresas se fortalecem pelos resultados de seus próprios experimentos, como a Google, Uber, Mac Donalds e muitas outras. Cada experimento que o corpo aceita ou rejeita deriva de testes e ajustes, onde a sensibilidade e a paciência são fundamentais. Num restaurante Green, por exemplo, alguns pratos sem expressão de venda no lançamento, foram ajustados, deram a volta por cima e passaram a liderar em sua categoria. E sem concorrência.

O diagnóstico pode ser o mesmo.
A fórmula mais antiga e ainda interessante é o alinhamento dos 4 Ps. Ponto. Produto, Preço e Promoção.

. Ponto O melhor ponto é aquele com grande movimento de pessoas em sua calçada. Quando o movimento de carros também é grande, precisa-se de estacionamento.

. Produtos Dentro de uma mesma raiz, preparar os cardápios para consumo local, de take way e delivery. Ingredientes de boa qualidade e pratos bem servidos.

. Preços Em tempos de concorrência, a menor margem leva a um movimento maior. Quando existem flutuações no movimento compensar com promoções.

. Promoção Valorizar os produtos, serviços e eventos pelas redes sociais. Criar alternativas ocasionais com horários diferentes.

As respostas agora são diferentes
O ponto e a promoção se relacionam e quando um é mais fraco o outro pode compensar. Bons pontos são normalmente caros, pesam nos custos e nem sempre se garantem. Por outro lado, um ou outro ponto mais fraco, pode ser compensado com forte atuação nas redes sociais. Considere-se que é um trabalho agregado, com custos permanentes, que precisa de pessoal fixo, renovação e conteúdo.

A sustentabilidade é sem efeitos colaterais.
Para operar na linha Green de produtos naturais e preços honestos, a pesquisa de produtores familiares é fundamental, ainda mais quando ambas as partes aprendem em reciprocidade. Os vegetais da época por exemplo, são mais gostosos, tem mais nutrientes, aguentam mais tempo e ficam mais baratos. É mais uma dose da vacina que fortalece o novo corpo.

Tudo junto e misturado.
Os protocolos de atendimento aos poucos ficam mais limpos e simples, seja no salão, no delivery e no take away. Os cardápios evoluem conforme as estações do ano, com a mesma raiz e detalhes dedicados a cada atendimento. As lojas de alimentação com produtos para o dia todo, estão mais rentáveis que os restaurantes que só operam para almoço e jantar.

Pronto para uma nova aventura.
Mesmo tomando seus trancos por fora, a nova loja de alimentação resiste com mais força, por seus produtos, clientes, fornecedores, equipe, vizinhos e até concorrentes. A força maior vem de dentro, do
espírito que gera cada ação e dirige cada jornada para um mundo melhor.

José Aurélio Claro Lopes